Empresário aos 10 anos, Jack cria rede de bancas de limonada nos EUA

Dois verões atrás, Jack Bonneau, quando tinha 8 anos, criou uma banca de limonada para ganhar dinheiro. Em vez de montá-la em uma esquina de seu bairro em Broomfield, no Colorado (EUA), ele e o pai, Steve, decidiram vender copos de limonada em uma feirinha local de produtos naturais.

A estratégia foi um sucesso. “Faturei cerca de US$ 2.000, e meu lucro foi de US$ 900”, disse Jack, acrescentando que a experiência o havia tornado mais confiante na escola. Ele também curtiu a sua “alfabetização financeira”, termo que usa para designar “adição e subtração, lucro e prejuízo, subtrair despesas da receita, aprender sobre margens de lucro, e todas essas coisas”.

Na primavera do ano seguinte, os Bonneau criaram o nome Jack’s Stands e desenvolveram um plano de expansão. Criaram um site, novas bancas, e começaram a vender limonada em três outras feiras de produtos naturais.

Usaram dinheiro do Young Americans Bank, de Denver, cuja especialidade são empréstimos a crianças.

Os Bonneau também montaram uma equipe de vendas. Outras crianças ávidas por ganhar um dinheirinho se ofereceram para turnos de trabalho em suas bancas.

Jack ficou empolgado com a oportunidade de ensinar a outras crianças o que havia aprendido. As crianças, com idades de 7 aos 11 anos, saíam da experiência levando as gorjetas e uma participação no lucro, em geral de entre US$ 30 e US$ 50.

EDUCAÇÃO FINANCEIRA

Jack agora tem 10 anos e está entre as milhares de crianças da região de Denver que se matricularam em cursos da Young Americans Center for Financial Education, que dá garantias aos empréstimos do Young Americans Bank.

O centro ensina alfabetização financeira e como administrar as finanças pessoais a pessoas dos 6 aos 21 anos de idade. Também opera programas de empreendedorismo em 420 escolas do Colorado e um acampamento de verão.

Ganhar dinheiro era a motivação inicial de Jack para a banquinha de limonada, porque ele queria um Lego “Guerra nas Estrelas – Estrela da Morte” que custava US$ 400, e seu pai insistiu para que ele pagasse a compra.

APRENDIZADO

Desde o começo, Steve Bonneau desejava que a banca de limonada fosse uma experiência de aprendizado para o filho. “Queríamos que Jack não usasse a mistura para limonada que compramos para nossa casa nem usasse os copos que tínhamos na cozinha”, disse Bonneau.

Agora, Jack está na quinta série, mas estuda matemática com os alunos de sétima série, e as lições que recebe em casa são mais avançadas.

Bonneau disse ter orientado o filho sobre o conceito de preço de atacado, como solicitar uma licença de imposto e como estabelecer relacionamentos de negócio.

Em 2015, a empresa faturou US$ 25 mil. Este ano planejam operar diversas bancas novas na região de Denver e uma em Detroit. Será financiado por crowdfunding (financiamento coletivo).

 

fonte:http://www1.folha.uol.com.br/mercado/2016/03/1747096-empresario-aos-10-anos-jack-cria-rede-de-bancas-de-limonada-nos-eua.shtml

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para a barra de ferramentas