Google inaugura nova sede do seu Centro de Engenharia em Belo Horizonte

Nova sede permitirá que buscador dobre o número de engenheiros envolvidos em projetos globais, como a busca

Googleplex, sede do Google na Califórnia : empresa com maior valor de mercado (Foto: Reprodução/Facebook)

O Google inaugurou nesta segunda-feira a nova sede do seu centro de engenharia na América Latina, em Belo Horizonte. O novo prédio ocupa 4,8 mil metros quadrados em quatro andares na capital mineira. ”

CLIQUE AQUI e veja aqui as vagas abertas no Google no Brasil

“A expectativa a médio prazo é duplicar o tamanho (do centro) porque o Google tem uma confiança muito grande no capital humano brasileiro” e no potencial “de investimento em projetos críticos para os usuários no mundo todo”, disse o diretor de Engenharia do Google para a  América Latina, Berthier Ribeiro-Neto.

O centro opera na capital mineira desde 2005, quando o Google comprou a startup mineira de busca Akwan, fundada por Ribeiro-Neto e outros professores da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Foi a primeira aquisição do Google fora dos Estados Unidos. Época NEGÓCIOS contou a história da compra da Akwan e de como Ribeiro-Neto virou o homem-forte da engenharia do Google na América Latina.

Uma das razões pelas quais o Google manteve seu centro de engenharia em Belo Horizonte foi a tradição do curso de Ciência da Computação da UFMG em sistemas de recuperação de informação, uma parte fundamental de motores de busca.

Ribeiro-Neto lecionava na UFMG quando se aliou a outros professores para explorar comercialmente um algoritmo de busca nascido na universidade.

berthier ribeiro-neto (Foto: Vicente França/Época Negócios)

O centro conta com 110 jovens engenheiros de seis nacionalidades, com idades entre 25 e 30 anos. Os funcionários brasileiros são naturais de 12 diferentes estados. Eles trabalham em projetos como a busca, permitindo que um a cada dez resultados oferecidos ao usuário chegue a ele por esse processo de modificação específica.

Na opinião de Ribeiro-Neto, a expansão do Google em Belo Horizonte fortalece a imagem da cidade como o Vale do Silício brasileiro.

O presidente do Google Brasil, Fabio Coelho, afirmou que “o ecossistema digital ficou mais inclusivo e eficiente” com o centro, uma prova de que a crise econômica é “algo passageiro” e que as multinacionais ainda apostam em seus investimentos.

“Um investimento como este, em um momento como o de hoje, é uma aposta com a confiança de que vamos conseguir trazer profissionais de alto nível para projetos que impactem o mundo”, ressaltou Coelho.

Segundo o engenheiro Luiz André Barroso, com a abertura do centro de operações no Brasil fica provado “que nem todos os maiores cérebros do mundo estão em Mountain View”, na Califórnia, onde está a central de operações da empresa.

Durante a fase experimental, o centro brasileiro forneceu 250 melhorias no sistema global de buscas, com profissionais focados no aperfeiçoamento da pesquisa em temas locais e de saúde.

“Hoje o sistema consegue associar o nome real (de um remédio ou doença) com seu nome mais simples, o que torna a busca mais útil e fácil. Isso está sendo reprogramado para a América Latina em Belo Horizonte”, contou Bruno Pôssas, engenheiro responsável pelas buscas locais.

A biblioteca de dados do Google possui atualmente 60 trilhões de páginas da web que os engenheiros no centro brasileiro já revisaram e catalogaram.

fonte:http://epocanegocios.globo.com/Empresa/noticia/2016/04/belo-horizonte-e-sede-de-1-centro-de-engenharia-do-google-na-america-latina.html

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para a barra de ferramentas