Por que você não amadurece?

O meme “Por que você não amadurece?, também conhecido como “Pir qui vici ni amidirici”, deu o que falar nas últimas semanas. A brincadeira trata-se da reprodução de uma cena do seriado Full House (Três é Demais, no Brasil), onde um garotinho faz careta, demonstrando birra e descontentamento frente a situações que ele não gosta. Sim, todos nós rimos do meme, mas é possível analisar a situação com outro olhar. Você é um profissional maduro? Não? Então, por que você não amadurece?

A imaturidade profissional muitas vezes é ligada a pouca idade, aos que estão iniciando a sua carreira, mas esse não é um motivo totalmente coerente. As novas gerações estão chegando ao mercado cada vez mais decidida sobre suas convicções, por isso, comumente jovens são enxergados como mimados, mas não é bem isso, saber o que quer é diferente de ser mimado ou birrento. Mas, então, quem são os profissionais imaturos e por que eles devem mudar sua postura?

Não existe um perfil específico que nos diga quem é ou não maduro. Amadurecer significa ter responsabilidade por seus atos, estar pronto! Pronto, mas quem se sente pronto, 100% preparado, ou quem nunca se calou para se livrar de algum problema? De certa forma todos somos imaturos, uns mais, outros menos. O perigo está justamente nesta medida. O mercado de trabalho não aceita atitudes imaturas.

Fazer caretas é só um exemplo de imaturidade, mas existem outros exemplos que ilustram um profissional não maduro, entre os principais destacam-se: não assumir culpas, agir por impulso, não ter segurança para agir, ser influenciável, ter medo de opinar e não lidar bem com críticas.

Segundo a assessora de carreira Juliana Pereira o amadurecimento é fundamental para todos profissionais: “O processo de amadurecimento pode não ser tão fácil assim, pois muitas vezes é necessário passar por experiências e situações complexas que exigem o desenvolvimento tanto emocional quanto profissional. Mas vale muito a pena, pois é neste processo que o indivíduo muitas vezes aprende a lidar com as emoções e as reações às novas experiências, assumem as próprias limitações e tendem a tomar decisões com mais segurança”, afirma.

E aí? Quer ser um profissional mais maduro. Saiba como com três dicas rápidas.

Ouça

Aquela máxima usada pelos pais e professores “Não é à toa que você tem duas orelhas e uma boca”, faz sim todo sentido. Muitos profissionais falam, falam, falam e acabam não dando atenção ao que o colega tem a dizer. Aprender é fundamental para o amadurecimento e ouvir é a chave para este processo.

Busque referências

Você admira alguns profissionais, certo? O que te faz admirá-los? Busque esta resposta e tente adaptar em sua postura. O ideal é que pelo menos uma delas seja próxima a você e que ela inspire várias pessoas. Observe mais, veja quais comportamentos fazem com que as pessoas admirem alguém e tente pôr em prática. Lembre-se inspirar, não imitar.

Estude

Nunca, mais uma vez, NUNCA se dê por satisfeito quando se fala de formação. Faça cursos, leia, busque novas experiências, até mesmo de assuntos que não estão diretamente ligados à sua área profissional. Desprenda-se e busque novos conhecimentos sempre. Não existe melhor maneira de evoluir e consequentemente amadurecer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para a barra de ferramentas