O impacto do nosso consumo no meio ambiente tem sido uma discussão cada vez maior na nossa sociedade, que tem buscado reduzir a utilização de materiais que agridam o nosso planeta. Nesse contexto, o alumínio é uma matéria-prima que tem ganhado importância e participação no mercado de embalagens no Brasil. A Associação Brasileira do Alumínio (Abal) indicou que o consumo de alumínio no Brasil chegou a 1.263 toneladas em 2018, sendo que mais de 37% desse total corresponde a embalagens.

A grande vantagem é que o alumínio tem um ciclo de reciclagem infinito: depois que você bebe um refrigerante, por exemplo, a latinha pode ser reciclada, gerando uma nova embalagem, que será reciclada novamente, e de novo, e de novo. Atualmente, segundo a Abal, o Brasil recicla 97,3% das latas produzidas no País, sendo o líder em reciclagem de latas no mundo.

A Ardagh Group

 A Ardagh Group chegou ao Brasil em 2016 trazendo quase 90 anos de história na bagagem. A empresa é a segunda maior do mundo no segmento de embalagens de vidro, e uma das maiores em embalagens de metal. Mundialmente, produz embalagens para bebidas, comidas, tintas, revestimentos, produtos farmacêuticos e aerossóis.

No Brasil, a Ardagh conta com quatro operações: o escritório matriz em São Paulo; as fábricas de latas em Jacareí, no interior de São Paulo, e em Alagoinhas, na Bahia; e a fábrica de tampas em Manaus, no Amazonas, inaugurada em 2018 e que representou um dos maiores investimentos da Ardagh no mundo.

De fato, ao trabalhar com o alumínio, você passa a fazer parte de uma indústria sustentável. Juntando-se à Ardagh, você também vai compartilhar muito mais do que uma marca forte e uma excelente reputação. Você passará a atuar para ser o parceiro preferido de embalagens para as principais marcas mundiais como também para os parceiros regionais, com base nos valores de Excelência, Confiança e Trabalho em Equipe.

Quer saber mais sobre a Ardagh?

Entre no site da empresa e acesse a página da Ardagh no WallJobs para acompanhar as oportunidades!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here