Dentro do processo seletivo, umas das etapas que mais causa medo e estranhamento por parte dos candidatos é a dinâmica. Essa etapa é considerada uma das mais cruciais dentro de um recrutamento, pois é nesse momento que os avaliadores conseguem entender a comunicação do candidato e seu relacionamento em grupo. O mercado atual cobra que os profissionais façam intercâmbios de ideias e trabalhem em equipe dentro de projetos e objetivos.

Sendo assim, é importante que o candidato entenda como mostrar seu potencial/ habilidades sem prejudicar o andamento da dinâmica e o compartilhamento de ideias das outras pessoas envolvidas. Parece simples, mas essa não é a realidade da maioria das dinâmicas, geralmente essa é uma etapa onde candidatos mostram muito sobre si e pouco em entender sobre o outro, e é aí que mora o erro.

Dentre todas as características, a que acaba sendo mais analisada durante a dinâmica é o trabalho em equipe e o engajamento. Se você trabalhar essas duas capacidades e utiliza-las para conseguir levar o grupo a um objetivo, é muito possível que você se destaque frente aos outros candidatos.

Estando em uma dinâmica você não pode:

1. Ser individualista na tomada de decisões:

Durante a dinâmica, antes de qualquer tomada de decisão, entenda se todos os participantes estão alinhados e de acordo com o próximo passo a ser dado. Tentar puxar o grupo de uma maneira individualista, transparece ao recrutador uma postura arrogante e pouco efetiva para trabalhos em equipe.

 

2. Desconsiderar a opinião de terceiros, mesmo que estejam erradas:

Dentro de um grupo, toda opinião é válida, uma vez que é a junção de diferentes opiniões que se acha um caminho positivo para o grupo como um todo. Em vez de desconsiderar uma ideia, estimule o grupo a trabalha-la de uma maneira que a mesma fiquei mais compatível com a proposta da dinâmica.

3. Manter-se quieto e sem engajamento:

Como já foi dito anteriormente, uma boa dinâmica acontece quando todos os participantes dão opiniões sobre o que está sendo discutido. Sendo assim, é necessário que o candidato dê seu parecer e se mostre engajado para o objetivo proposto.

 

4. Focar na solução e não no processo:

Para os recrutadores, pouco importa o resultado que vai ser entregue no final de uma dinâmica, pois o candidato está sendo avaliado durante o processo como um todo. Sendo assim, foque em construir um bom relacionamento com a equipe sem deixar de colocar suas opiniões nas horas que elas forem agregadoras.

Seguindo este guia do que não fazer em uma dinâmica, fica muito mais fácil de se posicionar durante essa etapa dentro de processos seletivos. Sempre tente lembrar que o objetivo maior da dinâmica é o trabalho em equipe e o engajamento, então foque nessas duas características e boa sorte nas próximas oportunidades.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here